Sobre Copacabana

bairro do Copacabana

Copacabana é um bairro situado na Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro, no Brasil. É um dos bairros mais famosos do Brasil. Tem o apelido de Princesinha do Mar. Faz divisa com os bairros da Lagoa, Ipanema, Botafogo e Leme.

Copacabana atrai um grande contingente de turistas para seus mais de oitenta hotéis, que ficam especialmente cheios durante as épocas do ano-novo e do carnaval. No fim de ano, a tradicional queima de fogos na Praia de Copacabana atrai uma multidão de pessoas. A orla ainda é lugar de variados eventos, como shows nacionais e internacionais, durante o resto do ano.

História

Há duas hipóteses etimológicas para o nome Copacabana. A primeira alega que o termo vem da língua quíchua e significa lugar luminoso ou praia azul. Outras fontes apontam o termo como originário da língua aimará e significaria vista do lago (kota kahuana). Na Bolívia, Copacabana é o nome dado a uma cidade situada às margens do Lago Titicaca, fundada sobre um antigo local de culto inca homônimo. Segundo a lenda, Nossa Senhora teria aparecido no local para um jovem pescador, que em sua homenagem esculpiu a imagem da santa que ficou conhecida como Nossa Senhora de Copacabana: a Virgem vestida de dourado pousada sobre uma meia-lua. Por ser patrona das águas, muitos navios espanhóis que saíam dos portos do Peru e Bolívia levavam cópias dessa imagem e assim foi que uma delas veio parar no litoral carioca, fundando-se a antiga Igreja de Nossa Senhora de Copacabana, construída por comerciantes espanhóis na freguesia que originalmente se chamava Sacopenapã. Logo a paróquia cresceu em importância e o bairro adotou o nome quêchua, abandonando o antigo nome tupi.

Por ficar numa área de difícil acesso, até o final do século XIX somente existiam na localidade o Forte Reduto do Leme, a pequena Igreja de Nossa Senhora de Copacabana e algumas chácaras e sítios.

Segundo o mesmo dicionário acima citado, o doutor Figueiredo Magalhães, médico de renome e residente no bairro, o recomendava a pessoas convalescentes, para repouso e, assim, cresceu o número de seus habitantes. Entretanto, somente com a inauguração de um túnel no Morro de Vila Rica (Túnel Velho), em 6 de julho de 1892, pela Companhia Ferro-Carril do Jardim Botânico (atual Light), entre Copacabana e Botafogo, o Bairro de Copacabana começou a se integrar ao resto da cidade.

Com a ampliação das linhas de bonde até o Forte do Leme e à Igreja de Nossa Senhora de Copacabana (onde hoje fica o Forte de Copacabana), o bairro foi ganhando ruas e casas, fator acentuado ainda mais com a inauguração da Avenida Atlântica em 1906, na orla do bairro.

Na década de 1970, foi realizado pela SURSAN, por meio de dragas nacionais (a draga STER) e neerlandesas (a draga autotransportadora Transmundum III, pertencente à empresa de dragagem neerlandesa R. Boltje & Zonen – Zwolle, conduzida por Kor Boltje), um grande aterro hidráulico, comandado pelo engenheiro Hildebrando de Góis Filho, presidente da Companhia Brasileira de Dragagens, que ampliou a área de areia da praia e cujos objetivos principais eram: o alargamento das pistas da Avenida Atlântica, a passagem do interceptor oceânico — tubulação que transporta todo o esgoto da Zona Sul até o emissário de Ipanema — e evitar que as ressacas chegassem à Avenida Nossa Senhora de Copacabana e às garagens dos prédios da Avenida Atlântica. Este alargamento da praia foi de cerca de setenta metros de largura ao longo de toda sua extensão de quatro quilômetros. Os estudos em modelos físicos hidráulicos dessa ampliação foram realizados no Laboratório Nacional de Engenharia Civil, em Lisboa. Nesse modelo lisboeta, trabalharam os engenheiros portugueses Fernando Maria Manzanares Abecasis, Veiga da Cunha, José Pires Castanho e Daniel Vera Cruz, além do engenheiro brasileiro Jorge Paes Rios.

Posteriormente, foi construída, na orla, uma ciclovia e alguns quiosques para atendimento ao público

Economia

O bairro é repleto de restaurantes, bares, cafés, hotéis, cinemas, bancos, igrejas, sinagogas (tradicionalmente abriga a comunidade judaica carioca), lojas, teatros e feiras de arte nos finais de semana.

O comércio é bastante diversificado, com lojas de alto padrão misturadas a outras de perfil mais popular, além de camelôs. É o bairro com o maior número de idosos e aposentados do Rio de Janeiro.

Para homenagear a comunidade de moradores deste maravilho bairro, o Encontra Rio de Janeiro criou o Encontra Copacabana na Cidade RJ.

Notícias do Copacabana

Blog do Guia do Bairro Copacabana

Receba notícias por e-mail
Cadastre-se e receba notícias de Copacabana por email
 

Limites - Bairros Vizinhos - Zona Sul RJ

Botafogo, Ipanema, Lagoa e Leme.

Dados Principais sobre Copacabana

População 150.000 hab.
Renda média -
IDH 0,956
Subprefeitura Zona Sul
Região Administrativa Copacabana
Área Geográfica Sul

Vídeo sobre o bairro de Copacabana
Veja mais vídeos sobre o Bairro de Copacabana

Mapa Copacabana - Ver outros: Mapa Rio de Janeiro

 

Moradores ilustres de Copacabana

   

  Sobre o EncontraCopacabana
Fale com EncontraCopacabana
ANUNCIE: Com Destaque | Anuncie Grátis

siga o Encontra Copacabana no Facebook siga o Encontra Copacabana no Twitter Encontra Copacabana no Google+


Termos EncontraCopacabana | Privacidade EncontraCopacabana